Passageiro de ônibus biarticulado que partiu ao meio em Palhoça diz que motorista sabia de problema no veículo

O motorista do ônibus biarticulado que se dividiu em dois na tarde desta sexta-feira (7) em Palhoça, na Grande Florianópolis, teria alertado os passageiros a ficarem na parte de trás do veículo, já ciente do problema na área sanfonada, conforme relato de usuário nas redes sociais, mostrado no Jornal do Almoço.
A assessoria de imprensa da Jotur, empresa responsável pela linha Unisul-Estação Palhoça, apenas informou que o ônibus tinha dez passageiros e que a empresa já acionou a fabricante pra fazer uma perícia. O Departamento de Transportes e Terminais (Deter) também disse que solicitou uma perícia.
No relato, Rodolfo Pirchner Teixeira, diz que o ônibus estava fazendo muito barulho e o motorista levou os passageiros para o fundo, próximo a porta de saída. “A cada arrancada a parte do meio levantava, parecia estar solta”. Ele ainda afirma que gravou com o celular a viagem pelo barulho alto.
O vídeo mostra o momento em que a estrutura se dividiu. Ninguém ficou ferido. Nas imagens, é possível ver a parte da frente do ônibus arrancando, mas a parte traseira não se movimenta. Não havia ninguém no ponto de articulação no momento em que a estrutura se rompeu.
Outras pessoas que estavam na Avenida das Torres, por volta das 17h, quando ocorreu o caso, contam o susto. “Eu fui até ali e vi o ônibus partido no meio e o pessoal descendo do ônibus. Imagina se tivesse andando, uma velocidade bem alta, ia ser perigoso”, disse Wanderson Fonseca, motorista que passava pelo local.
Outros usuários da Jotur reclamam que mais linhas da empresa estão com problemas. “Na terça-feira de Carnaval nós passamos por uma situação quase igual, ele só não se rompeu. A traseira ficou completamente solta, a gente quase caiu do viaduto do Roçado, foi um apavoro, todo mundo muito nervoso”, disse a doméstica Helenice Clara Correa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *